[Resenha] A Entrevista


A Entrevista
Autora: Shana Grey
Editora: Gutemberg
Skoob
Onde Comprar: Buscapé / E-Book Kindle

Sinopse: Sete entrevistadores irresistíveis. Quem a escolherá ao final da semana? Quem será o escolhido por ela? Linda, inteligentíssima e extremamente sensual, Tess Canyon é uma jovem determinada a se vingar de um dos maiores grupos dos EUA, as Empresas Diamond. Seu pai, um alto executivo, foi acusado de desviar fundos da empresa para gastar com uma suposta amante e teve sua carreira destruída. E isso o levou à morte...
A oportunidade de candidatar-se à vaga de Assistente Executiva do poderoso Mr. King parece ser a maneira ideal de infiltrar-se na empresa para limpar o nome de seu falecido pai.
Mas o processo seletivo não é o que ela espera. Chegando à sede da empresa, ela é escoltada até um helicóptero e, com os olhos vendados, é levada para um local secreto. Lá, Tess conhece Mr. King e descobre que a vaga na verdade é para o novo CEO das Empresas Diamond. Seu desafio será passar por sete testes durante uma semana.
Tess será avaliada por sete misteriosos executivos — deliciosamente bonitos —, um para a tarefa de cada dia. Agora ela precisará usar toda a sua habilidade e competência se quiser ter sucesso e resistir ao magnetismo poderoso dos homens irresistíveis enviados para ajudá-la — ou distraí-la. Em um desafio que poderá levá-la ao topo, ou arruiná-la para sempre.
Bem-vinda à entrevista mais sexy que você poderia imaginar!


= = = Resenha = = =

Antes de começar a resenha em si, deixa eu explicar uma coisa para vocês: o livro dessa resenha é o livro físico, completo, enviado pela editora para resenha. Também pode ser encontrado para venda, por isso, deixei o link para vocês ali em cima. 
O e-book é diferente. Para cada dia da semana, existe um e-book, ou seja, você leitor, que deseja conhecer a história toda, terá que comprar os 7 e-books: A Entrevista Segunda-Feira, A Entrevista Terça-Feira, A Entrevista Quarta-Feira e por ai vai até Domingo. 

Tendo explicado isso, vou pular o pequeno resumo da obra que sempre faço pois a sinopse está bem descritiva e revela muito sobre o enredo. Então, vou logo dar minha opinião que não é muito positiva.
Infelizmente, a autora pecou no excesso. Excesso de vingança, de sexo, de homens bonitos, de tudo!

"O meu superplano de reduzir uma empresa a escombros fumegantes não me deixou muito tempo para socializar. Se algo acontecesse comigo naquele momento, não havia uma alma que rapidamente desse por minha falta."

Tess é uma protagonista que, se não está pensando na "suposta vingança" contra a Diamond, está pensando em dar para um dos executivos lindos e maravilhosos que estarão com ela durante a semana. A mulher é tão infantil e solitária, que chega a dar dó. 
Toda a trama é envolta em algo parecido com um conto de fadas, com um final previsível e um felizes para sempre que, na verdade, só deixou a protagonista e o bonitão que ela fica, feliz.

A sinopse dá a impressão que, além do emprego, Tess também poderá escolher um dos gostosões para chamar de seu, o que não é verdade. Alguns flertam com ela, porque ela é aquela mulher linda e inteligente (blábláblá), mas ela não está lá para escolher um homem, ela está lá para passar nos teste e quem sabe, conseguir a vaga de CEO na empresa. 

"Qual era a de todos aqueles homens? Um para cada dia da semana. No dia anterior, Mr Tuesday. E no meio da semana, aquele ruivo lindo de morrer, Mr. Wednesday, que por acaso, devo acrescentar, era muito pegável."

Por falar em testes, vamos a única parte que valeu a pena em todo o enredo: Os testes são bem desenvolvidos e exploram a inteligencia, ética, força de vontade e liderança de Tess. A cada dia ela se destaca em uma empresa onde só homens comandam. Gostei muito disso. 
Fora isso, ficou aquela coisa de mais do mesmo sabe? Nada a agregar, nada de diferente,
Outro ponto que me incomodou demais é a facilidade com a qual Tess aceitava tudo o que lhe diziam. Por incrível que pareça, sua personalidade não tem nada de ingênua, Tess é destemida e bate de frente com qualquer um, mas em se tratando de um dos executivos "dias da semana", Tess parecia se reduzir a uma garotinha que precisava de que mandassem ela fazer algo. 

A narrativa é em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Tess. Me irritei por diversas vezes com ela. Na Segunda e Terça, Tess não sabe falar outra coisa que não seja a vingança contra a empresa e os homens gostosos que ela encontra. O resto da semana, basicamente, é só os homens gostosos que ela encontra mesmo... Triste isso, fica uma coisa sem conteúdo e repetitiva. 
Achei a escrita da autora forçada demais. O romance entre Tess e um dos gostosões é rápido e sem aprofundamento. É aquele negócio de pele e fogo sabe? Eles nem se conhecem e já soltam faíscas um pelo outro... Bem, pra ser sincera, acho que a Tess só não soltou faísca pelo Mr. Sunday. #prontofalei
As cenas de sexo ficaram somente para o final do livro. A protagonista acumula tanta tensão sexual que quando a autora finalmente, resolve que é a "hora", as cenas ficam bobas e sem sentimentos reais por parte dos personagens. 

"Essa última semana me fez perceber que eu estava viva. Eu era uma mulher, tinha necessidades e desejos a serem atendidos. (...) Mas eu conseguiria deixar para trás o meu passado, para alcançar o que o futuro oferecia?"

A edição da editora está muito bonita. A capa é chamativa e a diagramação, mesmo sendo simples, é bem feita. Infelizmente, a tradução pecou em não traduzir os apelidos dos executivos. Acho que minha leitura seria mais prazerosa se, ao invés de ler Mr, Monday eu tivesse lido Sr. Segunda-Feira. 
Enfim, mesmo tendo pontos ruins, gostei de ter tido a oportunidade de ler este livro. Espero que os próximos que eu ler da autora (se houver próximos) sejam melhores explorados.





Post válido para o Top Comentarista de maio:












14 comentários :

  1. Oi Ana!
    Eu amei sua resenha, parabéns, preciso conhecer esse livro, já q estou nessa de ler e de me interessar mto por esse gênero q virei fã á pouco tempo, adorei o enredo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha Ana! Acho que se eu lesse, não seria tão polida nas críticas. Odeio romance só sexo, também quero conteúdo, uma história a explorar. Parabéns pela sinceridade. Beijo, Mari

    ResponderExcluir
  3. Oiee!
    É uma pena o livro ser tão fraco, na minha cabeça imaginei que fosse ser de um jeito, mas agora que li sua resenha vejo que é o oposto, triste, porque esse livro tinha tudo para ser um sucesso.
    Amei sua resenha, achei bem sincera e sem rodeios, direta ao ponto rsrs
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Ana!
    A resenha foi bem realista.
    O que mais me interessou foram as entrevistas, porque minha formação em psicologia foi voltada para a área de recrutamento e seleção e fiquei bem curiosa por ver esse novo sistema de seleção.
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana ;)
    Assim que li o resumo do livro, de cara achei parecido com a série Garota do Calendário, que li o primeiro e não gostei!
    Pelo menos é em 1 pessoa a narração kkk
    Mas obrigada pela dica Ana!

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana!
    Que pena que o livro decepcionou um pouco. A única coisa que chamou minha atenção foi o ponto positivo que você mencionou, as entrevistas. Mas não sei se isso é forte o suficiente para me fazer ler a obra.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana!!!
    Eu tinha lido a uma resenha do livro mas não agradei tanto e lendo a sua conseguir de vez tirar minha conclusão.
    Gostei da sua resenha e da opinião.
    Até mais!!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, esse livro há algum tempo me encheu os olhos, fiquei muito curioso para lê-lo pois parecia ser uma obra diferente e ousada, mas fico triste em saber que a história é fraca e conta com personagens mal caracterizados. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana.
    Gostei muito da sua resenha adorei que foi sincera mas eu não acho que acham de dopamina foto da mocinha se perdeu ao longo da narrativa é meio que chato, o fato dela perder sua personalidade é ainda mais.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Esse foi um livro que quando vi o enrendo achei diferente e interessante, mas que também fiquei meio receosa de encontrar mais do mesmo, ainda não li esse livro, mas lendo a resenha vi que é uma historia que irei me irritar ao longo da leituras, porém fiquei curiosa sobre esses testes que a personagem passa !!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana!!
    Que pena que a autora pecou em excesso de cenas desnecessárias!! A história parece ser bem bacana!! Adorei a resenha que foi bem objetiva!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  12. Oi, é uma pena, acho que tambem não iria gostar, principalmente por que no começo ela fica falando só de vingança e demora para sair desse ponto. Uma pena, mas não pretendo ler.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana,
    Que pena que não lhe agradou, homens em dias da semana me fez lembrar A Garota do Calendário em versão compacta.
    Realmente parece mais do mesmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ana!
    Se eu já nem cheguei perto dos e-books separadamente, do livro como um todo, então, passo mais longe ainda, rsrs. Hots em geral já não são do meu gosto, e saber que a protagonista, apesar da forte personalidade e ser destemida, cai tão facilmente por cada um dos 'mocinhos' desse livro é irritante, ainda mais sabendo que não há o mínimo sentimento no romance principal, o que costuma ser o ponto mais decisivo para mim num romance, então vou deixar passar total essa dica.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Ele me deixa muito feliz!