[Resenha] Sobrenatural









Sobrenatural
Série Sobrenatural – Livro 1
Autor: Cynthia Hand
Ano de lançamento: 2011
Editora ID
Sinopse: Clara Gardner tem sangue de anjo. Isso não só faz dela mais esperta, forte e veloz que os humanos, mas também indica que terá que cumprir um propósito, uma missão pela qual está neste planeta. Compreender seu objetivo, entretanto, não é uma tarefa nem um pouco fácil. Suas visões levam-na a uma nova escola em uma nova cidade. Ela conhece Christian, o garoto dos seus sonhos (literalmente), e tudo parece se encaixar – e se desajustar ao mesmo tempo: outro garoto, Tucker, que desperta o lado menos angélico de Clara. Enquanto isso, ela precisa enfrentar perigos desconhecidos e tomar decisões que podem afetar não apenas seu destino, mas também o de todos que a cercam.
Onde encontrar: AmazonSubmarinoCultura


=== Resenha ===


Olá pessoal!

Hoje resolvi nostalgiar (se é que essa palavra existe haha)!
Li “Sobrenatural” há muitos anos e nunca cheguei a resenhas, mas sempre desejei ler a continuação, por isso decidi compartilhar com vocês um pouco sobre essa história.

Sobrenatural conta a história de Clara Gardner, uma garota com mente privilegiada, conhecedora de várias línguas, Californiana, mas aparentemente comum, não fosse por ela ser descendente de anjos. A premissa se tornou clichê entre os livros de fantasia, no entanto, esse me conquistou justamente por ser diferente.
Apesar de a Clara ser metade anjo, ela consegue passar por uma garota comum e precisa, já que ninguém pode saber sua origem. Ela é até um pouco lenta demais em alguns momentos, principalmente em compreender seu proposito. Outro diferencial, é que os personagens já sabem que são sobrenaturais e que possuem um proposito em vida, uma missão que precisam finalizar.
Todo meio-anjo nasce com um propósito e ele vai descobrindo no decorrer dos anos.
A Clara persegue sua missão por meio de visões, o que a leva até uma nova cidade e uma nova escola, é onde tudo começa a desandar.

Enquanto ela precisa compreender sua missão com Christian, um garoto que aparenta ser sem graça e que não conseguimos entender direito porque é a missão dela, e se cuidar para não ser enganada por outros meio-anjos e afetar todo o seu destino e daqueles que ama, ela precisa lidar com sentimentos que não deveriam existir. Principalmente, quando tem certeza que “ele” faz parte da sua missão.

Tucker Avery é um daqueles badboys que se tornaram comuns nos livros de anjos, e que conquista só com seu jeito grosseiro, nada interessado e despreocupado para com a protagonista. Começamos a torcer por um romance logo que eles se desentendem na primeira vez. Ele foi um personagem bem explorado, traz a sensação de ser um garoto do interior, o que conquista mais ainda.

Compreender sua missão sem afetar seu lado emocional é algo com que Clara precisa trabalhar.



"Ele se inclina e tenta me beijar os lábios, rápida e cavalheirescamente. Mas não o deixo se afastar. Agarro sua camiseta e colo meus lábios nos deles, tentando transmitir em um beijo tudo o que estou sentindo, todos os meus temores, todo o meu amor - tão forte que chega às raias da dor"




O final do livro é de tirar o fôlego e nos deixa ansiosos pelo próximo, pois precisamos descobrir o que deu errado, o que deu certo e o que será do nosso ship!

Apesar de a editora ID ter falido, eu sei que o livro 2 foi lançado e logo lerei para compartilhar com vocês a leitura.

Não farei quadro de pontuação porque li há muito tempo e não me recordo completamente da trama, seria injusta.

Espero que tenha instigado a curiosidade de você.

Beijo,












POST VÁLIDO PARA O TOP COMENTARISTA DE ABRIL





9 comentários :

  1. Bem Mari!
    Com boa aficcionada por anjos e tudo que se relaciona a eles, claro que já fiquei interessada, ainda mais por saber que ela é meio-anjo, nunca tinha lido nada assim...
    E também fiquei curiosa por saber qual é a missão dela na terra e porque pode influenciar tanto outras vidas.
    Desejo um mês repleto de realizações e uma semana de luz e paz!
    “ Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  2. Olá Mari!!!
    A vida de Clara me pareceu bem cheia de problemas com muitas missões para cumprir, mas ser metade anjo deve ser bem divertido ao mesmo tempo, ela tem uma missão e certamente é fazer um enorme bem em alguém, então aciosa pelo final eu estou.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari.
    Eu adoro livros que falem sobre anjos e a coisa toda, achei a premissa bem clichê, mas também interessante, me parece que há um certo triângulo amoroso ai, coisa que não sou lá muito fã, mas ainda assim leria, a história me chamou bastante a atenção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Hei! É a mesma autora de O ULTIMO ADEUS! O.o

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada dessa autora!
    Nunca tinha ouvido falar nela!
    Gostei bastante da sinopse do livro!
    Amo triangulo amorosos! Mesmo sendo clichê!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari!!
    Adoro livros que tem anjos na estória!! Achei super interessante esse livro é devo confessar que não conhecia esse livro mais gostei bastante da indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. falou fantasia ja tem minha atençao, com anjos ainda por cima eu piro, pq n tem mitologia q mais me atraia do que essa
    o livro realmente parece ser bem cliche, mas eh aquele ditado: se nao fosse bom, nao seria cliche
    eu adoro bad boys entao mais um motivo p eu ler
    sua resenha me instigou sim e com certeza eu vou adicionar esse livro para a minha lista

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari, tudo bem?
    Acho que sou uma das poucas pessoas que não curte muito esse tipo de história sobrenatural. Achei a história legalzinha, mas não ao ponto de lê-la.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Ele me deixa muito feliz!